É tempo de Poda!

Quando chega o inverno nos lembramos da poda.

A poda é a supressão de partes da planta (galhos, folhas, flores, frutos, raízes) com uma finalidade definida.

A época indicada para a realização da poda é durante o descanso vegetativo das plantas e isso costuma ocorrer no inverno, de modo geral. Além disso devemos observar a fase da lua mais adequada, que é a minguante.

Em nossa região realizamos a poda na minguante de julho ou agosto. Se em julho for no início do mês deixamos para agosto.

A época vale tanto para ornamentais como plantas de produção.

É importante salientar que algumas espécies de plantas florescem logo no início da primavera, como é o caso dos Ipês e das Azaleias, entre outras. Essas plantas deverão ser podadas somente após o término da floração. A poda de inverno, para elas, suprime as gemas que já estão preparadas para florescer.

Para uma poda bem sucedida devemos ter boas ferramentas e conhecer bem a planta a ser podada.

As tesouras e serrotes devem estar bem afiados e limpos e devem ser adequados ao trabalho.

Sempre que precisar podar uma planta doente lembre-se de eliminar o material retirado e limpar bem a tesoura antes de podar outra planta.

Após a operação da poda devemos afofar e adubar os canteiros ou berços das plantas.

A adubação deve ser preferencialmente orgânica e deve ser feita nos 2/3 externos da projeção da copa.

projeçaõ da copa

Nesse artigo trataremos ad poda das frutíferas.

I. INTRODUÇÃO

As frutíferas podem ser árvores (caqui, maçã, pêra, pêssego, figo), arbustos, trepadeiras (amorinha, videira, kiwi, maracujá) herbáceas (bananeira, abacaxi) e mesmo forrações (morango).

A poda nas frutíferas tem a finalidade de melhorar a produção dos frutos, tanto em qualidade como em quantidade, e principalmente evitar a alternância de produção de um ano para outro.

2. TIPOS DE PODA

As principais podas realizadas nas frutíferas são:

2.1. Poda de Formação: inicia-se no viveiro e continua por um ou dois anos após o plantio. Esta poda definirá o formato da copa da planta.

2.2. Poda de Frutificação: realizada anualmente, visa manter o equilíbrio da produção. Normalmente esta poda é realizada no inverno, podendo ser feita eventualmente no outono ou no verão, porém nestes casos ocorre uma diminuição do vigor da planta. A intensidade dessa poda varia de espécie para espécie e das condições de cada planta (vigor, idade, sistema de condução, etc…). O que se verifica é que normalmente as frutíferas de folha caduca (pessegueiro, videira, macieira, etc…) dependem mais da poda de frutificação para que tenham uma produção adequada.

2.3. Poda de Limpeza: é a poda realizada para retirar os ramos doentes, danificados, voltados para o interior da copa e principalmente os ramos ladrões (brotações do porta enxerto ou os muito vigorosos e verticais da copa), sendo realizada durante todo o ano, sempre que necessário. Em algumas espécies, como os citros, manga, abacate, esta é a principal poda realizada, pois não há necessidade da poda de frutificação propriamente dita. Nesse caso eliminam-se os ramos internos mais sombreados e encurtam-se alguns outros, favorecendo o arejamento e iluminação do interior da copa e promovendo uma melhor brotação das gemas floríferas e uma melhor qualidade dos frutos.

2.4. Poda de Rejuvenescimento: utilizada para renovar completamente a copa de plantas velhas ou que tenham sofrido ataque intenso de pragas ou doenças, e também para alterar a forma de condução da copa.

3. SISTEMAS DE CONDUÇÃO

A forma que daremos às nossas plantas frutíferas será basicamente livre ou apoiada.

Os exemplos da forma apoiada são latada e espaldeira.

Na latada temos o crescimento de um ramo vertical que depois se “espalha” sobre fios de arame horizontais, formando um teto com a vegetação. Eventualmente, no caso das latadas, a incidência de doenças fúngicas é favorecida, sendo assim recomenda-se o uso de latadas descontínuas.

Nas espaldeiras as plantas são conduzidas ao longo de uma “cerca”, o que facilita os tratos culturais, inclusive a poda.

Para as formas apoiadas devemos sempre levar em consideração as condições climáticas do local e observar que em locais mais úmidos é mais indicado o uso de espaldeiras, que assim mesmo devem ter o seu primeiro andar não muito próximo ao solo.

As formas de condução apoiadas são utilizadas em videira, maracujá, kiwi e também em macieiras, pereiras, ameixeiras e pessegueiros.

Quanto ao sistema de condução em forma livre encontramos as seguintes conformações de copa: taça, vaso, líder central e guia modificado.

4. INTENSIDADE DA PODA

Como já foi dito anteriormente a intensidade da poda varia de espécie para espécie e das condições da própria planta, assim sendo precisamos conhecer muito bem os hábitos das plantas a serem podadas, e sempre que houver dúvidas recomenda-se não podar ou fazer uma poda exclusivamente de limpeza.

Existem plantas que frutificam em ramos que se formaram durante o ano, outras que frutificam em ramos com um, dois, três quatro ou mesmo cinco anos, por isso, para cada uma teremos intensidade de poda diferente. Como regra geral podemos dizer que quanto mais jovem for o ramo que frutificará mais intensa será a poda.

Além dessas informações devemos saber que as frutíferas apresentam dois tipo de ramos, os mistos (crescem e frutificam) e os especializados (só frutificam), e algumas espécies apresentam os dois tipos e outras apenas os ramos mistos.

Devemos observar também que podas intensas estimulam a vegetação da planta e às vezes podem atrasar a frutificação.

5. TIPOS DE RAMO:

5.1. Ramos Especializados

Esporões: ramos curtos, com entrenós curtos, dois anos de idade, grossos, com uma gema florífera na ponta.

Dardos: ramos curtos, entrenós curtos, porém não tão grosso como os esporões. É o ramo que precede o esporão.

Brindilos: ramos finos, com entrenós normais, medindo cerca de 20 cm, flexível, com gema florífera na ponta. Podem se ramificar originando dardos ou esporões.

Todos estes ramos praticamente só florescem, e consequentemente frutificam, e quase não apresentam folhas, por isso mesmo devem sempre estar acompanhados de ramos vegetativos que lhes garantirão o alimento para que frutifiquem adequadamente.

5.2. Ramos Mistos

Os ramos misto são aqueles que produzem gemas floríferas e gemas vegetativas.  Eles são os responsáveis pelo bom crescimento da planta bem como pela quantidade adequada de folhas.

Este é o ramo mais importante na hora da poda, pois uma poda mal feita nesses ramos pode induzir a um excesso de vegetação prejudicando a frutificação ou então promover uma frutificação muito grande diminuindo a qualidade da produção e o crescimento da planta.

6. Poda de Algumas Frutíferas

6.1. Maçã e Pera

A macieira e a pereira normalmente são conduzidas em guia modificado. A primeira pernada será a cerca de 80 cm do solo, onde se corta o ramo principal, originando-se os ramos laterais. Os ramos laterais serão em número de quatro, dispostos ao redor do tronco, e deverão ser forçados lateralmente quando tiverem + 20 cm, em plena vegetação. No segundo ano desponta-se em média um terço dos ramos laterais após o início da brotação. O líder sofre desponte à 70 ou 80 cm acima do primeiro corte, criando assim um segundo andar semelhante ao anterior. Faz-se o arqueamento dos ramos do 2o andar e também dos ramos do 1o andar que tenham voltado à posição vertical. Os brotos do meio da copa devem ser eliminados. No terceiro ano podemos formar o 3o andar conforme descrito anteriormente. A partir do 3o ano já se inicia a produção nas macieiras e no 4o ano para as pereiras, diminuindo o crescimento das plantas o que significa que as próximas podas serão mais leves, retirando-se principalmente os ramos verticais, os muito próximos ou entrelaçados.

Com o “esqueleto” da planta formado, devemos cuidar da poda dos esporões . À medida que a árvore se torna adulta os conjuntos de esporões ficam compactos devendo ser desbastados. Deve-se suprimir os esporões voltados para baixo e os mais fracos.

A frutificação da maçã e da pera ocorre em ramos de 1, 2, 3 e até 4 anos.

5.2. Ameixa e Pêssego

Estas duas espécies devem ser conduzidas em forma de taça ou cone invertido, forma que permite que o centro da copa fique livre, possibilitando uma boa aeração e insolação.

Quando temos mudas muito vigorosas, com muitos ramos, faz-se uma poda de rebaixamento para 50 ou 60 cm, eliminando-se totalmente os ramos laterais. Na primavera seguinte surgirá um grande número de brotações laterais. Escolhe-se 4 ou 5 ramos dispostos ao redor do tronco. Estes serão os ramos que sustentarão os novos ramos que irão se formar e onde ocorrerá a frutificação. No 2o ano faz-se o desponte de 1/3 dos quatro ou cinco ramos iniciais, selecionando-se alguns ramos laterais que também deverão ser podados no máximo à 1/3 de seu comprimento. Eliminam-se os ramos voltados para baixo ou para cima. O aspecto dos ramos é o de espinha de peixe, ficando assim bem ensolarados e aerados. A frutificação do pêssego ocorre em ramos de 1 ano e da ameixa em ramos de 2 anos, e ,em ambos, uma única vez em cada ramo, o que significa que devemos realizar podas sistemáticas com formação de novos ramos todos os anos.

6.3. Citros

A poda dos citros é pouco intensa, sendo extremamente importante a poda de formação, onde devem ser eliminadas todas as brotações do porta enxerto e força-se a brotação de 3 ou 4 brotos distribuídos em espiral ao redor da haste central numa altura de 50 a 60 cm. Deve-se evitar que os ramos escolhidos saiam muito próximos . Após o início da produção as poda são leves, retirando-se os galhos debilitados, encostados no chão, doentes e ladrões. Algumas espécies emitem brotações muito vigorosas (Ponkan, Limão Siciliano), devendo-se despontar os ramos na altura média da copa. Outras formam uma copa muito densa, sendo então beneficiadas pelo desbaste dos ramos do centro da copa.

Em pomares velhos pode-se fazer uma poda de rejuvenescimento, mas esta só se justifica para plantas em bom estado sanitário e que tenham um bom sistema radicular.

6.4. Bananeira

Após a implantação das mudas deixamos apenas uma brotação, eliminando as demais. Após 4 ou 5 meses deixa-se sair a 2a muda e aos 10 meses a terceira, assim teremos uma planta com 3 mudas – mãe, filha e neta. Quando a primeira muda produz, ela deve ser cortada e pode-se deixar aparecer mais uma nova brotação.

6.5. Figueira

A condução mais usada para a figueira é na forma de vaso baixo.

À cerca de 30 ou 40 cm do solo escolhem-se 3 ramos que formarão a estrutura da planta. No primeiro ano estes 3 ramos serão podados a 20 cm ou com 2 a 4 gemas cada um. Haverá a brotação de várias gemas. Selecionam-se dois brotos bem colocados. No 2o ano teremos 6 ramos longos que já deverão ter frutificado. Cortam-se esses 6 ramos à 20 cm deixando-se dois brotos em cada ramo, o que nos dará 12 ramos., e eliminando-se os demais ainda jovens. No inverno, antes da brotação faz-se esta poda, até que cheguemos a ter entre 24 e 40 ramos, sendo que quanto maior o número de ramos menores os figos.

6.6. Caquizeiro

A muda terá a haste principal cortada à 50 ou 60 cm do solo, selecionando-se 3 a 4 ramos distribuídos ao redor da haste e distantes cerca de 10 a 20 cm um do outro. Estes ramos serão podados no inverno seguinte a 1/3 ou ½ de seu comprimento. Eliminam-se os que brotarem verticalmente e os muito vigorosos, bem como aqueles que estiverem virados para baixo e os que estiverem se entrelaçando no meio da copa. O raleio dos fruto é obrigatório.

6.7. Videira

Para a videira a poda é indispensável, pois é ela quem equilibra a vegetação e a frutificação.

Podemos verificar três tipos de poda:

Poda curta: deixa-se no máximo 3 gemas por ramo, é indicada para as videiras americanas .

Poda longa: deixa-se entre 5 e 6 gemas por ramo, é indicada para as videiras européias.

Poda mista: a planta recebe poda longa e curta.

A poda é realizada em duas épocas, sendo uma no inverno e outra após a formação completa dos cachos. Para as videiras americanas faz-se principalmente a condução em latada, onde uma única vara cresce verticalmente e depois se espalha sobre o aramado superior. A poda nesse caso geralmente é a mista. Para as variedades viníferas indica-se o uso do sistema de condução em espaldeira, ou seja, instalam-se as plantas em “cercas” com 3 a 4 fios de arame. Este sistema facilita os tratos culturais. Verifica-se  que o sistema de latada pode eventualmente induzir a disseminação de doenças fúngicas, mas a produção costuma ser maior que a obtida em plantas conduzidas em espaldeira.

7. RALEIO DE FRUTOS

Para garantir uma boa produção sem alternância devemos realizar o raleio dos frutos, que também é uma poda, e vale praticamente para todas as frutíferas. Este raleio deve ser realizado de cima para baixo, deixando-se os frutos mais bem formados e mais sadios, eliminando-se preferencialmente os frutos do interior da copa. Para os pessegueiros deve-se deixar os frutos voltados para baixo e mais próximos de ramos maiores. Para o raleio, de qualquer espécie, os frutos devem ter cerca de 1 a 2 cm de diâmetro. A quantidade de frutos que permanecem é variável, sendo regra geral não deixar nenhum fruto em plantas com menos de dois anos. Recomenda-se o raleio para todas as plantas com muita carga ou plantas muitos jovens, pois a manutenção de muitos frutos pode ocasionar a quebra de galhos, baixo rendimento médio ao longo dos anos, diminuição do vigor da planta, e até a morte prematura da planta. Com o raleio correto garante-se uma boa produção, com qualidade e principalmente durante muito tempo.

45 responses to this post.

  1. Posted by Antônio Marcos Pinto da Silva on 3 de julho de 2014 at 13:22

    Ola amigos m chamo Antônio Marcos e se possível gostaria de receber via email algumas imagens ilustrativas sobre a poda d pessegueiro
    agradeço desde já a atenção

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 10 de julho de 2014 at 22:08

      Olá Antônio Marcos,
      Infelizmente não tenho fotos de poda de pessegueiro, mas se você pesquisar no Google vai encontrar boas imagens.
      Entrando no Google Books você encontra o livro Poda das plantas frutíferas de J. S. Inglez De Sousa. Tem informações sobre a poda do pessegueiro com foto.
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

      • Adquiri um pé de maçã variedade “Julieta”, adaptada ao clima quente de João Pessoa Pb, há 2 anos atrás a mesma chegou a dar muitas flores, mas só vingaram 2 maçãs que não cresceram muito.
        Agora essa muda está com 3 metros de altura e fico na dúvida se devo podar para ficar mais baixo e qual seria o melhor período para isso e se atrapalharia uma nova floração, não sei nada a rspeito do cultivo de maçã, preciso de uma ajuda de vcs. Muito obrigado.

        Curtir

      • Posted by Karen on 10 de julho de 2017 at 0:32

        Olá Newton,
        Apesar da demora na resposta ainda é tempo de ajudar!
        Antes de mais nada é importante que você saiba que maçãs devem ser plantadas pelo menos aos pares. São plantas que necessitam de polinizador para produzir. A variedade companheira d aJulieta é a Eva, tbm adaptada a climas quentes.
        Se sua planta chegou a produzir flores indica que a quantidade de horas de frio acumuladas é suficiente.
        A poda de formação e condução da macieira deve ser feita no inverno (julho/agosto), quando a planta está em período de dormência, isto é, quando está sem folhas e sem crescimento aparente.
        Já após o plantio você poderia ter feito uma poda inicial para ir formando a copa da árvore. Caso não tenha feito nenhuma poda até o momento, agora é a hora adequada.
        Hoje tivemos lua cheia, assim, a partir de quarta feira já é possivel iniciar as podas pois a lua se encaminha para o quarto minguante, época ideal de podas.
        Dê uma lida no artigo e veja como proceder à poda da macieira.
        Se possível mande uma foto da sua planta para que possa encaminhar melhor as indicações da poda.
        Fico à disposição.
        Sds,
        Karen

        Curtir

  2. Posted by Benedita Araujo on 10 de julho de 2014 at 19:49

    Obrigada pelas orientações. Vou praticá-las.

    Curtir

    Responder

  3. Posted by jefferson on 9 de janeiro de 2015 at 7:32

    melhor conteudo que vi até agora, simples de entender, objetivo e completo

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

  4. Posted by inacio on 22 de janeiro de 2015 at 20:43

    preciso podar um pessegueiro que produz pessegos de natal.como fazer?????

    Curtir

    Responder

    • Olá Inacio,
      Entendi que seu pessegueiro já está em produção, assim a poda a a ser realizada será a poda de frutificação.
      O pessegueiro é uma planta que produz em ramos novos, de um ano, assim a poda é de grande importância para a manutenção da produção, devendo ser realizada todos os anos.
      Os pessegueiros, independe da época de produção, devem ser podados no período de descanso vegetativo, isto é, quando a planta se apresenta “dormindo”, sem folhas, flores ou frutos. Essa época coincide com o inverno.
      Ao realizarmos uma poda durante o período de crescimento da planta ocorre a indução de formação de mais ramos. Para plantas pouco desenvolvidas esse procedimento pode ser utilizado eventualmente para que ela encorpe.
      Se esse não for o caso esse procedimento pode levar a um desgaste da planta, e a poda deverá ser mais intensa quando chegar a época adequada.
      Aqui na região de Curitiba geralmente fazemos as podas do pessegueiro no período da lua minguante de julho.
      As podas de limpeza podem ser realizadas em qualquer época do ano para retirar os ramos doentes, danificados, voltados para o interior da copa e principalmente os ramos ladrões (brotações do porta enxerto ou os muito vigorosos e verticais da copa).
      Desejo sucesso com seu pessegueiro.
      sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  5. Posted by joana Darc ferreira alves on 21 de fevereiro de 2015 at 9:31

    meu nome joana de goias gostaria de saber qual a época boa para podar o limão siciliano a arvore ainda não deu fruto.

    Curtir

    Responder

    • Olá Joana,
      As frutas cítricas são pouco dependentes da poda. Geralmente fazemos apenas uma limpeza de galhos mal colocados, voltados para o interior da copa e os galhos muito baixos.
      Devemos fazer a poda preferencialmente na lua minguante em período de descanso da planta.
      Aqui fazemos a poda no período de inverno (julho). Veja como estão os limoeiros em sua região. Caso estejam em plena produção aguarde um período em que as plantas estiverem sem produção.
      Já foi feita alguma poda de formação no seu limoeiro ou esta será a primeira poda?
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

      • Posted by Jose on 6 de janeiro de 2017 at 15:22

        Ola Joana. Quando laranjeiras,ou limoeiros não produzem frutos, a arvore necessita ser estimulada , e isso tenho obtido muito bons resultados, afiando um varão de ferro numa das extremidades, e depois de o cortar de modo a que fique com um comprimento mais ou menos igual ao diâmetro da arvore, mais cerca de 10cm. Este varão devera agora ser espetado no tronco da arvore, pouco acima do chão, usando um martelo pesado. Quando a ponta sair 5cm no lado oposto, esta terminada a intervenção.

        Curtir

      • Posted by Karen on 6 de março de 2017 at 0:38

        José,
        Gostaria de alertar sobre seu procedimento.
        Esse tipo de tratamento pode causar danos à planta que pode levá-la mesmo à morte.
        Tratamentos conhecidos como “acupuntura vegetal” visam estimular alguns pontos das plantas, mas são intervenções bem mais suaves.
        Não recoemdaria de maneira nenhuma esse tipo de tratamento que você propõem, para qualquer espécie de planta.
        Sds,
        Karen

        Curtir

  6. Posted by Lauro on 4 de abril de 2015 at 20:48

    Boa noite. Meu nome é Lauro. Tenho uma dúvida. Já fiz alguma pesquisas, mas encontrei pouco material. Quais as frutíferas que produzem em ramos que brotaram no ano, e quais as as que frutificam em ramos do ano anterior?
    Desde já, muito obrigado.

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 10 de maio de 2015 at 21:43

      Olá Lauro,
      Desculpe a demora. Fui buscar em meus alfarrábios do tempo da faculdade a sua resposta. Mas demorei para encontrar o material!
      Aqui vai:
      Idade do ramo portador de gemas floríferas Frutífera
      ramos do ano videira, figueira, caquizeiro
      ramos de 1 ano pessegueiro e nectarineira
      ramos de 2 anos ameixeira
      ramos de 3 anos macieira e pereira
      ramos de 4 anos algumas macieiras e pereiras
      ramos de 5 anos cerejeira
      É importante lembrar que quanto mais jovem o ramo produtivo maior a dependência da poda, mas aqui o caquizeiro é a exceção, pois tem um crescimento muito lento e deve receber podas leves.
      Espero ter ajudado.
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  7. Posted by Maria Helena Ribeiro on 19 de abril de 2015 at 18:06

    Tenho um pé de árvore de anhga cai muitas folhas já posso podar

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 10 de maio de 2015 at 21:56

      Olá Maria Helena,
      Não entendi qual a espécie que você citou.
      Além do fato de perder as folhas precisaria saber onde você está, qual o clima do seu lugar, se tem geada ou não, pois esses fatores influenciam na época da poda.
      Me mande mais informações e tentarei ajudar.
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  8. Posted by cilene roseli on 28 de maio de 2015 at 13:11

    boa tarde meu nome e Cilene.
    gostaria saber de uma coisa, plantei dois pé de videiras elas tem cinco meses quando posso podar elas. elas estão bem formadas.
    desde já muito obrigado

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 6 de março de 2017 at 0:33

      Olá Cilene,
      Deixei você sem resposta, peço desculpas.
      A poda da videira sempre deve er feita no inverno, período de descanso vegetativo da planta.
      Espero que suas plantas estejam se desenvlvendo bem!
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  9. Posted by maria jussara on 28 de maio de 2015 at 20:57

    Olá!
    Tenho um caramanchão de maracuja doce.
    Está dando frutos desde nov 2014. está tão pesado que a área esta ficando toda fechada como de fosse um cômodo.
    Quando vou fazer a poda se já esta com novos galhos e muitos brotos?
    No aguardo, Maria Jussara

    Curtir

    Responder

  10. Posted by Queila on 6 de junho de 2015 at 8:56

    Fiz uma muda de maçã a partir da semente, tem três anos. Está num vaso pequeno e agora vou passar para um maior de cimento. A muda está com uns 2 metros de altura num caule único. Devo cortar a ponta? Fico com medo de morrer, é a minha primeira macieira.

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 10 de junho de 2015 at 23:48

      Olá Queila,
      Parabéns pela muda.
      Você pode e deve podar a ponta da muda. Isso deve ser feito quando você colocar a muda no novo vaso. Verifique se há gemas ao longo de todo o caule. Se tiver gemas na altura de mais ou menos um metro faça a poda aí. Isso fará com que haja uma brotação das primeiras gemas abaixo do corte e assim você começa a dar o formato da planta conforme descrito no post.
      Devo salientar no entanto que geralmente as plantas frutíferas obtidas por semente costumam demorar bastante para frutificar. No caso da macieira pode levar até uns 10 anos par iniciar a frutificação. Outro detalhe importante para a macieira é que é necessário no mínimo duas mudas para que haja produção de frutos.
      Boa sorte com sua muda!
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  11. Olá , plantei diversos pés de maracujás amarelo,assim que começaram as frutas elas apresentaram diversas pintas e ficaram duras. Quero podar e aplicar um veneno. Como fazer esta poda e quando? Você me indicaria um veneno ,por favor. Grata Maria José

    Curtir

    Responder

  12. Posted by Dorival Russo on 13 de julho de 2015 at 11:48

    Gostei muito das orientaçoes sobe as podas! Obrigado.

    Curtir

    Responder

  13. Posted by Ricardo Petry on 13 de julho de 2015 at 12:55

    Olá pessoal. Tenho umas mudas de kiwi em casa, gostaria de saber quando é a época de podar, são mudas com 3 anos +-
    obrigado pela atenção?

    Curtir

    Responder

  14. Posted by francisca mendes on 26 de agosto de 2015 at 1:01

    Oi, Karen! tenho um pé de limão comum já faz 2 anos, ele tem floração, nasce os limões e logo caem. Depois de ler seu artigo fiz podas de limpeza e retirei os galhos ladões. mais mesmo regando todo dia ainda não consegue segurar os limões. O que estar errado. Aguado resposta.

    Curtir

    Responder

  15. Posted by Onelis Andreosi Junior on 20 de novembro de 2015 at 7:20

    Bom dia, plantamos na chácara em Colombo, mudas frutíferas e elas não estão vingando, vi que o caseiro devia ter aberto as covas com diâmetro maior, agora, depois de uns meses, as plantas não crescem, algumas estão com folhas amarelas, e outras sem folhas, o que fazer?

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 22 de agosto de 2016 at 0:34

      Olá Onelis,
      Como estão indo as plantas?
      O tamanho da cova é importante, mas a operação de plantio também.
      O recipiente onde estavam as mudas foi retirado, foi feita uma boa rega e a adubação foi feita com antecedência, a acomodação das raízes foi bem feita evitando o enovelamento?
      Tudo isso pode influenciar no pegamento e bom desenvolvimento das mudas.
      Peço desculpas pela demora na resposta.
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  16. Posted by Marcelo Capistrano on 30 de dezembro de 2015 at 17:45

    Gostei muito das dicas sobre podas de frutíferas, serão muito úteis pra mim.
    Gostaria de uma ajuda.
    Eu tenho uma macieira em vaso, mas a copa dela se formou a 1,20 do solo. Não quero uma árvore grande. Ela está muito linda, mas quero saber se posso podar ela deixando-a com 60 cm para poder formar uma copa menor. E também quero saber se posso fazer essa poda ni início do verão.
    Obrigado

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 22 de agosto de 2016 at 0:27

      Olá Marcelo,
      Desculpe a demora!!
      Você pode fazer o encurtamento da copa sim.
      A poda deve ser feita no inverno. As podas feitas no verão provocam uma brotação bastante intensa e depois você terá que retirar muito material na poda de inverno, podendo debilitar a planta.
      Use a minguante de julho ou agosto. Ainda dá tempo, caso ainda não tenha feito a poda!
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  17. Posted by Paulo marcelo de castro mauad on 9 de abril de 2016 at 19:34

    Tenho um maracujaseiro aproximadamente 2anos sus folhs e ramos estão secando. ..Gostaria de saber se posso fazer algum tipo de poda….ou recepar o pé para que brote de novo…

    Curtir

    Responder

  18. Posted by Haroldo Carneiro do Valle on 3 de maio de 2016 at 12:57

    Qual a epoca correta para poda do maracujazeiro. Moro em São Bernardo do Campo. Ele tem aproximadamente uns 2 anos. Na primeira colheita produziu 11 maracujás.
    Grato
    Haroldo

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 22 de agosto de 2016 at 0:01

      Olá Haroldo,
      Qual o tipo de condução do seu maracujá?
      Faça podas no início da brotação de primavera, com boa umidade no solo.
      Na entressafra retire todo o material que estiver seco ou doente.
      Evite deixar uma ramificação muito densa.
      Use sempre que possível o período de lua minguante.
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  19. Posted by Franciele on 18 de julho de 2016 at 17:22

    Boa tarde…

    Temos caquis que já fazem 2 anos que não esta dando frutos,como podemos fazer a poda dos mesmos para voltarem a dar frutos?
    O ano passado fizemos a poda e adubamos.

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 21 de agosto de 2016 at 23:29

      Olá Franciele,
      O caqui é uma planta de crescimento lento e exige podas leves embora produza em ramos novos.
      Qual a idade da planta? Onde está plantada (cidade)?
      Mande mais detalhes para que possa fazer uma recomendação mais acertada.
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  20. Posted by adolfo vizotto neto on 2 de agosto de 2016 at 19:58

    tenho um pé de limão siciliano com dois anos de idade, ele deu alguns limões mas, agora esta todo sem folhas e nas pontas soltaram flores que murcharam, oque devo fazer? devo podar as pontas porque as folhas não brotarão?

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 21 de agosto de 2016 at 23:25

      Olá Adolfo,
      Confira os detalhes sobre o plantio como dimensionamento da cova, retirada do recipiente, acomodação das raízes, regas, adubação.
      As flores caíram completamente ou somente as pétalas. Já se vê a formação de algum fruto?
      Em que cidade está a planta?
      Mande esses detalhes para que possa fazer uma recomendação mais acertada.
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  21. Tenho pez laranja meu quintal ta pequenos começa sair muitos brotos . Tenho deixar ou escolher algums …

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 6 de março de 2017 at 0:25

      Olá Geraldo,
      Que idade tem suas plantas?
      A primeira poda que fazemos nos citricos em geral é a de formação.
      Todos o ramos que brotem abaixo de 50cm devem ser retirados. Todos os ramos que apareçam abaixo do ponto de enxerto também devem ser retirados.
      Além desses ramos retire os ramos voltados para o interior da copa,os quebrados e secos os que se cruzam.
      As podas devem ser realizadas preferencialmente quando não houver flores/frutas. Procure fazer essa operação sempre na lua minguante.
      Espero ter ajudado.
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  22. Posted by DILSON DANTE on 15 de junho de 2017 at 19:33

    TENHO UM PÉ DE LIMÃO TAITI A 25 ANOS, DO ANO PASSADO PARA CÁ COMEÇOU A DEFINIAR E PAROU DE PRODUZIR, SERÁ QUE PODANDO CONSIGO RECUPERAR O LIMOEIRO, QUAIS GALHOS DEVO CORTAR?

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 10 de julho de 2017 at 0:55

      Olá Dilson,
      Como tem sido a condução de seu limoeiro? Faz podas anuais, tem cuidado da adubação?
      Faça uma poda de limpeza retirando todos os galhos que estejam secos, quebrados, muito baixos.
      Diminua o comprimento de galhos muito longos que possam vergar com o peso dos frutos. Corte cerca de 1/3 do comprimento. Faça essa poda em mais ou menos metade da árvore e deixe para o próximo ano a outra metade para que a planta não sinta muito.
      O limão não é uma planta muito exigente em podas, mas a adubação sempre é importante para a manutenção da produção.
      Dê uma olhada no artigo na foto que indica o local da adubação. Use cerca de um a dois baldes de esterco curtido de vaca ou meio a um balde de esterco curtido de galinha, umas 200g de adubo formulado NPK 4-14-8 e cerca de 100g de calcário.
      Comece colocando NPK em pequenos buracos ao redor da planta toda e depois espalhe o calcário e o esterco revirando levemente para incorpora um pouco. Cuidado para não danificar as raízes.
      A época ideal para esse trabalho se inicia na quarta feira, tempo de lua minguando. Se não for possível nessa lua minguante ainda será possivel trabalhar na minguante de agosto.
      Fico à disposição.
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  23. Posted by Osvaldo R da Silva on 17 de junho de 2017 at 14:09

    Olá Karen,
    Qual a época certa para podar : 1) videira(de 10 anos), 2)caquizeiro(10 anos) 3)cajuzeiro(15 anos) 4)jabuticabeiras(5 anos), 5)mangas espadas15 anos) 6) manga Haden(15 anos), 7)abacateiros(6 anos) 8) Cajamangas (2 anos)…Moro em Americana(SP),

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 10 de julho de 2017 at 1:22

      Olá Osvaldo,
      A época ideal para as podas é no período de dormência das plantas.
      As uvas e caquis podem ser podados agora nessa semana a partir de quarta feria para aproveitar o período da lua minguante.
      As videiras recebem poda intensa e os caquizeiros poda leve.
      As demais plantas são podadas geralmente após a colheita e a principal poda é a de limpeza. Procure realizar as podas sempre que possível em período de lua minguante.
      Fico à disposiçao.
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  24. Posted by Geraldo dias da Silva on 23 de março de 2018 at 11:44

    Bom dia muito bom oexclarecimento de vcs muito obrigado

    Curtir

    Responder

Deixe uma resposta para jefferson Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: