Archive for junho \29\UTC 2009

E o composto, como anda?

Olá amigos do Colégio N. S. do Sagrado Coração,

Com os preparativos para o Curso de Bioconstrução que começa agora dia 01 de julho tenho estado bastante ocupada.

Por esse motivo não postei mais informações sobre nosso composto.

Basicamente já revirei mais uma vez e deixei para ver como vai ficar.

Essa é uma opção quando o tempo é “curto”. Se não revirar seguidamente ele demora um pouco mais para ficar pronto, mas não causa maiores problemas.

Como tivemos dias seguidos de chuva não achei necessário molhar a pilha.

Assim que seja possível postarei mais algumas fotos.

Anúncios

Curso de Bioconstrução, ainda há vagas

Cartaz Bioconstrucao

Nosso curso está se aproximando mas ainda dá tempo de você garantir sua vaga!

Entre em contato e tire suas dúvidas.

Deixe um recado aqui ou ligue para (41)8858-6318.

Mais adobe, fazendo e aprendendo …

Hoje fizemos mais alguns tijolos.

Ainda estou aprendendo como fazer.

Os tijolos da semana passada trincaram um pouco e os de hoje também.

Depois de conversar como meu “professor” Jorge , descobri alguns erros que posso estar cometendo.

Por algum motivo havia assimilado a proporção errada entre areia e argila.

A correta é 60 a 70% de areia e 30 a 40% de argila na mistura.

Para saber qual a proporção da sua terra é fácil. Pegue um frasco de vidro cilíndrico e grande. Encha com a terra até 1/3 do volume e preencha com água até 2/3 do volume do frasco.

Faça uma agitação bem forte e depois deixe em repouso. A areia irá se depositar no fundo e acima dela ficará a argila. Por cima de tudo fica a água.

Meça a altura da areia e da argila e veja a proporção. Por exemplo, se tem uns 6 cm de areia e uns 4 cm de argila a proporção é 60% de areia e 40% de argila.

Se a proporção não estiver adequada faça os ajustes. Muita areia adicione argila, muita argila adicione areia. A cada mistura faça novo teste.

Depois de adequada a proporção da terra pode-se colocar “aditivos” como esterco fresco de vaca, cal, cimento, …

É bom também colocar alguma palha. Não precisa picar, maior é melhor.

Depois de tudo colocado junto é pisar e colocar água muito devagar para dar o ponto.

Se exagerar na água a argila se expande mais e o tijolo tende a ter mais trincas.

Bem, a terra que estou usando é argilosa então adicionei areia. Como aditivo utilizei esterco da minha vaca, a Miucha, mas não coloquei palha. Ops!!!! Falha nossa!!!!

Depois da conversa com o Jorge pude identificar algumas falhas no meu processo.

Amanhã ou depois devo fazer uma nova receita mais caprchada para ver se acerto.

O importante é isso, fazer até acertar o ponto e então praticar e praticar.

Abaixo seguem algumas fotos.

amassando adobe

Amassando e amassando. Legal é descalço, mas tinha que sair em seguida, então foi de bota mesmo!

produção 22-06

Produção da manhã. Foram 74 tijolos em mais ou menos 3 horas!

primeira receita

O tijolos da semana passada ficaram assim.

Tijolos de Adobe

Hoje fizemos alguns tijolos de adobe dentro dos preparativos para o Curso de Bioconstrução de julho.
Esta é minha primeira experiência no assunto e foi muito interessante.
Agora é preciso ir observando como vão se comportar os tijolos nos próximos dias.
Breve postarei fotos do processo de fabricação e o resultado obtido.

Tijolo e forma

Movimentação do composto

Seguem algumas fotos da movimentação do composto.

A primeira virada do composto foi feita dia 01 de junho, quatro dias após a montagem da pilha.

Pode-se ver na foto a fumaça que sai quando o material é remexido evidenciando o seu bom aquecimento.

composto 01-06

A próxima virada foi feita dia 04 de junho.

Também houve bom aquecimento e o mateiral estava mais seco.

Foi preciso fazer um boa rega.

Observe como a pilha já baixou bastante em relação ao dia da montagem.

composto 04-06

Logo posto mais algumas fotos.

CURSO DE BIOCONSTRUÇÃO

Cartaz Bioconstrucao

CURSO DE BIOCONSTRUÇÃO – Grade de Atividades

Programa: Em aulas teóricas serão abordados os temas – arquitetura bioclimática, energia renovável e eficiente e ciclo apropriado da água na casa.

Para melhor apropriação dos conhecimentos será realizada uma reforma em uma construção da chácara com a utilização de adobe, pintura natural e estrutura em bambu, adequação de um fogão à lenha para aquecimento de água e tratamento biológico de esgoto. Os trabalhos serão realizados pelos participantes do curso sob orientação dos instrutores.

Instrutores: Cecília Lenzi, Jorge Timmermann, Tomaz Lotufo (Rede Permear)

Data: 01 a 04 de julho de 2009. Chegada em 30/06/09 à noite e saída 05/07/09 de manhã.

Local: Chácara Boa Vista. A chácara fica no município de Campo Largo, distante aproximadamente 25km do centro da cidade de Curitiba.

Valor: R$ 440,00 (quatrocentos e quarenta reais) – esse valor refere-se ao curso, alojamento e alimentação. Será emitido certificado.

Para garantir sua vaga será necessário um depósito inicial mínimo no valor de R$100,00 (cem reais) + R$ 340,00 em até duas parcelas, a primeira para 01/07/09 e a segunda para 01/08/09 (cheque no início do curso)

Solicite a ficha de inscrição com os dados para depósito.

DIA 01 /07 02/07 03/07 04/07
HORA
8:00 – 10:00 Apresentação individual e apresentação da proposta do curso Prática:Técnica Construtiva Prática:Técnica Construtiva Prática:Técnica Construtiva
10:00 – 10:30 CAFÉ CAFÉ CAFÉ CAFÉ
10:30 – 12:30 Prática:Técnica Construtiva Prática:Técnica Construtiva Prática:Técnica Construtiva Prática:Técnica Construtiva
12:30 – 14:00 ALMOÇO ALMOÇO ALMOÇO ALMOÇO
14:00 – 17:00 Prática:Técnica Construtiva Prática:Técnica Construtiva Prática:Técnica Construtiva Prática:Técnica Construtiva
17:00 – 17:30 CAFÉ CAFÉ CAFÉ CAFÉ
17:30 – 19:00 Aula Teórica Aula Teórica Aula Teórica Avaliação, entrega de certificados, encerramento.

Prática: Técnicas construtivas:

– Energia: Adequação de um fogão á lenha e instalação de aquecedor de água (Jorge)

– Materiais: Adobe, Pintura natural, Estrutura com bambu (Tomaz e Cecília)

– Água:Tratamento biológico de esgoto (Tomaz).

Os participantes se dividirão em grupos para realizar os trabalhos e os grupos se revezam em todas as atividades. Os instrutores estarão orientando durante os trabalhos.

Aulas teóricas:       – Energia renovável e eficiente

– Arquitetura bioclimática

– O ciclo apropriado da água na casa

%d blogueiros gostam disto: