Falando de Jersey

A produção leiteira faz parte da rotina da chácara e a raça que escolhemos foi a Jersey, por se tratar de um animal com características muito interessantes para o pequeno produtor rural.

São animais muito rústicos, com grande adaptabilidade a diferentes climas, facilidade de parição e produtora de leite com altos teores de gordura e proteínas.

Essas características fazem com que a criação desses animais seja muito tranquila.

Dependendo do sistema de manejo utilizado, mais ou menos tecnificado, as produções podem variar, mas a qualidade do leite e a  produção de derivados é sempre excepcional.

Além disso tudo, em estudo recente, comprovou-se que a raça Jersey é amiga do meio ambiente (ver artigo na categoria Minha vaquinha leiteira).

Estaremos postando informações sobre essa nossa “Pequena Notável” aqui no blog.

Para outras informações acesse também o site da Associação dos Criadores de Gado Jersey do Paraná – http://www.jerseypr.com.br.

DIRETORIA EXECUTIVA ASSOCIAÇÃO DOS CRIADORES DE GADO JERSEY DO PARANÁ – ACGJPR

Presidente: Marcelo de Paula Xavier

Vice Presidente Adm/Financeiro: Maurício L. da R. Santolin

Vice Presidente Regional Sul: José Luiz Santolin

Suplente: Karen Dessimoni Cartaxo Sprenger

Vice Presidente Regional Campos Gerais: Marco Antonio Subtil Macedo

Suplente: Mateus Simão

Vice Presidente Regional Norte: Eduardo Lucacin

Suplente: Maria Rosalinda Stresser

Vice Presidente Regional Sudoeste: Luis Alberto Buss Wulff

Suplente: José Marcante

Vice Presidente Regional Oeste: Joãozinho Theodoro

Suplente – Moacir Vanin

CONSELHO FISCAL:

Efetivos: Geonir Edvard Fonseca Vincensi

Vicente de Paula Santos

Suplentes: Silvio Alberto Klas

Eduardo Thá Junior

CONSELHO CONSULTIVO:

Efetivos:  Pedro Ivo Ilkiv

Darci Tramontin

Marinho Lopes de Oliveira

Milton Cadó

Francisco Bastos de Miranda

Gerson Luiz Goulart – SEAB

CONSELHO TÉCNICO:

Luiz Claudio Heller

José Delmiro Solak

Pricila Contador Napoli

Josiane Faustino Santolin

Ricardo Geraldo Leffers

Rafael Augusto Duarte

ASSOCIAÇÃO DOS CRIADORES DE GADO JERSEY DO PARANÁ

Rua Francisco Torres, 545 – 14º Andar – Sala 140

80.060-130 – Curitiba – Paraná

Contato: Adriane Schmitz Plaisant

Telefone: (41) 3262-3421

e-mail: jerseypr@jerseypr.com.br

Horário de Atendimento da Jersey PR: Segunda à Sexta das 13hs às 18hs

17 responses to this post.

  1. Posted by José Mauricio de Araujo on 8 de março de 2011 at 10:08

    Eu a 4 anos, apesar de admirar o gado jersey, iniciei meu trabalho com o girolando, mas o jersey não me sai da cabeça, gostaria de saber mais sobre o jersey, parabens pelo trabalho de vocês.
    Sou de Mirante do Paranapanema S.P

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 9 de março de 2011 at 22:46

      Olá José Mauricio,
      De fato a Jersey é uma raça que apaixona.
      São animais pequenos e muito dóceis. Sua produção é boa, mas a característica mais marcante é a quantidade de sólidos do leite o que proporciona um ótimo rendimento em queijo.
      Aqui tratamos nossos aniamis com homeopatia e os bezerros ficam direto com as mães até os 2 meses. Dos 2 aos 4 meses apartamos apenas à noite e iniciamos o desmame.
      Não é o sistema vigente, mas acredito que assim é mais natural e a bezerrada se cria muito bem. Além disso facilita muito o manejo para mim.
      Agradeço a visita aqui no blog.
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  2. Posted by Antonio Manoel Fernandes on 20 de março de 2011 at 7:01

    Oi Karen
    Comecei a criar Jersey a um ano em Minas Gerais juntamente com gado Girolando,do qual pretendo me desfazer pra ficar só com o gado Jersey.O manejo das duas raças são independente,porém gostaria de fazer um manejo diferente com as bezerras Jersey.
    Você poderia por favor dar mais detalhes do seu manejo com os seus bezerros.Que tipo de homeopatia você aplica e também você diz que o bezerro fica com a mãe direto,esse direto é o dia inteiro no pasto ou 24 horas por dia?
    Fique bem.
    Antonio M Fernandes

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 31 de março de 2011 at 10:28

      Olá Antonio,
      Para começar esclarecendo devo dizer que sou uma criadora bem “alternativa” e que tenho apenas 5 vacas, 2 novilhas, 1 bezerra e 1 bezerro (com 10 dias).
      Para melhor responder suas dúvidas vou colocar uma postagem explicativa.
      Agradeço o contato.
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  3. Posted by douglas on 16 de abril de 2011 at 23:28

    olá…parabens pelo trabalho q vcs fazem….estou querendo iniciar na criação de animais da raça jersey, vcs tem animais ai pra venda?
    obrigado e aguardo…

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 21 de abril de 2011 at 20:51

      Olá Douglas,
      Desejo sucesso na empreitada.
      Infelizmente ainda não tenho animais para vedna.
      Se você está no Paraná visite o site da Associação dos Criadores (link no Blogroll).
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

  4. Posted by Fabiana Krupa on 6 de janeiro de 2013 at 15:06

    Oi Karen, como estão as suas vaquinhas? Gostaria de aprender um pouco sobre o seu manejo homeopático. Fabiana

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 9 de janeiro de 2013 at 19:42

      Olá Fabiana,
      As vaquinhas vão indo bem!
      Quanto ao tratamento homeopático, tenho utilizado apenas preparados comerciais para mastite e bernes/carrapatos. tem funcionado bem.
      A alguns anos tínhamos uma veterinária que nos atendia e mandávamos formular “remédios” específicos, mas, infelizmente para nós, ela se mudou e foi cuidar dos animais do pai e aí ficamos na mão.
      A homeopatia animal está se expandindo, mas ainda há mais usos em pets. Para grandes animais tem sido difícil encontrar profissionais.
      Quando a coisa aperta consulto o homeopata da família que me indica os procedimentos possíveis, mas apenas indica, não formula.
      Como tenho poucos animais e poucos problemas vou me virando assim.
      Sds,
      Karen

      Curtir

      Responder

      • Posted by Fabiana Krupa on 14 de fevereiro de 2013 at 11:34

        Olá Karen,
        Imagino a dificuldade! Qual a sua experiência com a “secagem” das vacas? Vc usa algum produto homeopático para o período seco?
        Fabiana

        Curtir

      • Posted by Karen on 4 de março de 2013 at 20:45

        Olá Fabiana,
        Para a secagem das vacas o processo é simples, mas deve ser bem feito.
        Se vc faz ordenha duas vezes ao dia, comece cortando a ordenha da tarde por uns três dias.
        Depois você começa a alternar a ordenha da manhã. ordenha dia sim, dia não por uma semana, depois dia sim, dois dias não e depois, dia sim, três dias não e então interrompe a ordenha totalmente. No último dia antes de encerrar a ordenha de sua vaca, esgote-a muito bem e aplique uma seringa com antibiótico p´roprio para Vacas Secas (VS). Esse procedimento é importante para que não ocorra contaminação durante o período seco.
        A secagem deve ser feita dois meses antes da data prevista para o parto.
        Durante todo o período de lactação e período seco forneço o preparado homeopático para prevenir mastite. Tem dos laboratórios Arenales e RealH. Forneço diretamente no cocho de cada vaca individualmente nas doses recomendadas pelos fabricantes.
        Caso fique alguma dúvida entre novamente em contato.
        Sds,
        Karen

        Curtir

  5. Estou com um grande problema, as minhas vacas jersey quando comprei pensei que eram solteiras porem o lote foi fechado como solteiras ,m as veio cruzadas com girolando, Os bezerros são muitos grandes ,e já perdi uma vaca com isso mas tenho mais seis no mesmo estado o que fazer? (urgente)

    Curtir

    Responder

    • Posted by Karen on 20 de setembro de 2014 at 0:18

      Olá Elizabeth,
      Sinto por sua perda.
      Não posso ajudar muito nesse caso pois não passei por esse problema.
      Acredito que o mais importante será acompanhar o parto das vacas e ajudar se necessário.
      Vou buscar informação com meu veterinário e te mando alguma notícia o mais breve possível.
      Desejo sorte.
      Sds.
      Karen

      Curtir

      Responder

  6. Posted by Toni Rodrigues on 9 de março de 2015 at 23:43

    boa noit, karen estou me organizando para começar um novo trabalho apartir d um gado da raça gersey,na minha regiao nao consigo orientaçao sobre a raça, será k vc conseguiria me orientar onde eu encontraria orientaçoes, catalagos e outros sobre a criaçao dessa raça, pois hje tenho gado mestiço, e informaçoes sobre o gADO GERSEY. Muito obrigado. toni.
    tonifocha@hotmail.com

    Curtir

    Responder

  7. Posted by Toni Rodrigues on 10 de março de 2015 at 15:20

    Boa tarde,tenho um sitio aqui no interior de são paulo,mais precisamente em birigui..
    quero começar a criar vacas Jersey… gostaria que você mi desse informações de como funciona…já tenho meu rebanho mais não são Jersey…você sabe onde tem a venda aqui na região
    muito obrigado aguardo resposta…

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: